WikiLeaks revela que CIA pode hackear seu Windows

Segurança

O site de vazamentos WikiLeaks publicou uma nova parte do pacote de documentos secretos, chamado Vault 7, obtidos da CIA.

A parte anterior Marble foi divulgada em 31 de março e revelou as formas da CIA camuflar o software malicioso como se fosse criado em outros países.

De acordo com a WikiLeaks, a nova parte denominada como Grasshopper (Gafanhoto) contém 27 documentos sobre o programa homônimo da CIA destinado a criar software malicioso para o sistema operativo Windows da empresa Microsoft. O site frisa que o programa não pode ser detectado por qualquer antivírus criado até agora, incluindo o do Kaspersky Lab russo.

A primeira parte do pacote de documentos secretos da CIA foi revelado em 7 de março. Foi anunciado que este vazamento se tornará o maior na história da CIA e irá incluir 8,7 mil documentos e arquivos que eles alegam terem estado no Centro de Ciberinteligência da CIA em Langley, Virgínia.

[sgmb id=”1″]

Deixe uma resposta