Trabalhadores dos Correios entram em greve contra a privatização

Brasil Econômia

Os trabalhadores dos Correios decidiram entrar em greve por tempo indeterminado em todo o país. A medida foi aprovada em diversas assembleias realizadas nesta noite como forma de enfrentar o projeto de privatização da estatal, que está no plano de desmonte do governo Bolsonaro conduzido pelo ministro da Economia Paulo Guedes. A greve começa a partir de 22h desta terça-feira (10).

“A direção da ECT e o governo querem reduzir radicalmente salários e benefícios para diminuir custos e privatizar os Correios. Entregar o setor postal a empresários loucos por lucro. Jogar no lixo o atendimento a todos os cidadãos, a segurança nacional envolvida nas operações, a integração nacional promovida pelos Correios!”, disse em nota a FindECT, fundação dos trabalhadores da estatal.

LEIA TAMBÉM: Trabalhadores-dos-correios-em-todo-pais-entram-em-greve-no-proximo-dia-10

A decisão foi tomada em assembleias realizadas na maioria dos estados. Além da luta contra a privatização, os sindicatos da categoria reivindicam uma série de questões referentes às condições de trabalho na empresa pública. Compartilhe agora!

Deixe uma resposta