Temer pede prazo maior para responder às 82 perguntas da PF

Brasil

A defesa do presidente Michel Temer entrou com pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (6) para estender o prazo de resposta às 82 perguntas elaboradas pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato. As informações são do G1.

“Em face da complexidade e da surpreendente quantidade dos quesitos formulados (82), entende-se ser absolutamente impossível e contrário ao princípio da razoabilidade exigir-se uma manifestação do sr. presidente da República no exíguo prazo de 24 (vinte e quatro) horas, lembrando-se que para a sua elaboração não foi consignado nenhum prazo”, diz o texto, assinado pelo advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira.

O prazo encerraria nesta terça. A defesa pede prorrogação do prazo até o fim da semana, na sexta-feira (9) ou sábado (10). O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte, vai analisar o pedido.

[sgmb id=”1″]

Deixe uma resposta