Temer e Pedro Parente sacrificaram mais de 60 milhões de aves em sete dias

Brasil Econômia

A política de preços dolarizados dos combustíveis adotada pelo governo golpista de Temer e Pedro Parente é a responsável pelo sacrifício de mais de 64 milhões de aves em apenas uma semana, um desastre ambiental e material inédito no país. A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em nota divulgada neste domingo (27), informou que mais de 64 milhões de aves já morreram no país, ao longo da última semana, em função da paralisação nacional dos caminhoneiros.

A entidade assinalou que “em diversos locais já há falta de insumos e animais estão sem alimentação. Aqueles que ainda contam com estoques, estão fracionando para prolongar ao máximo a oferta do alimento”.

LEIA TAMBÉM >> Temer edita decreto para confiscar caminhões

É importante que todos saibam: após o final da greve, a regularização do abastecimento de alimentos para a população poderá levar até dois meses!

“A ampliação da mortandade de animais é iminente e há ocorrência de canibalização (uns devorando outros). Os reflexos sociais, ambientais e econômicos são imponderáveis”, alertou a ABPA.

Deixe uma resposta