Temer cria MP para perseguir quem o delatou

8 de junho de 2017 Folha de Ourilândia 0

Fragilizado e rejeitado por mais de 90% dos brasileiros, Michel Temer decidiu editar uma medida provisória na noite passada para perseguir quem o delatou; MP de Temer tem endereço certo: o grupo JBS e seus executivos; ontem, ele já havia dado provas de que usaria o governo federal em causa própria ao proibir a Caixa Econômica Federal de emprestar recursos para empresas “inimigas”; com a nova MP, infrações cometidas no sistema financeiro poderão ser punidas com multa de até R$ 2 bilhões; até então, o valor máximo era de R$ 250 mil; no caso de infrações nos mercados de capitais, a multa vai até R$ 500 milhões; representantes da JBS afirmaram ao Ministério Público que a empresa vem sofrendo perseguição econômica desde que delatou Temer