Governo congela investigações sobre empresas suspeitas de corrupção na Lava Jato

Sob o argumento de que as empresas propuseram acordos de leniência, delação premiada para pessoas jurídicas, o Ministério da Transparência já suspendeu investigações de pelo menos 11 empresas suspeitas de corrupção, sendo que a maioria delas está entre os alvos da Operação Lava Jato – conforme aponta reportagem do jornal Folha de S. Paulo desta […]

Continue lendo

Enquanto Lula aluga um apê, Temer compra imóveis de luxo

Enquanto a imprensa brasileira cuida de colaborar com a contrariedade histérica do MP com os recibos de aluguel do apartamento vizinho ao de Lula em São Bernardo do Campo, fica por conta do El País revelar que Um dia após propina delatada por JBS, Temer comprou dois terrenos em área de luxo. Leia o mais importante […]

Continue lendo

JOESLEY BATISTA E RICARDO SAUD DECIDEM SE ENTREGAR

Após terem a prisão temporária decretada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, o empresário Joesley Batista, um dos donos do grupo J&F, e o diretor de Relações Institucionais do grupo, Ricardo Saud, decidiram se entregar à Polícia Federal (PF). O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou a prisão de Joesley e Saud após a descoberta […]

Continue lendo

Encha o tanque e ajude Temer a pagar pelos deputados que comprou

Sempre que parar para abastecer seu carro, lembre-se: você estará ajudando Michel Temer a pagar pela compra dos deputados que o salvaram na sessão de ontem no Congresso Nacional. Um levantamento feito pelo jornal Valor Econômico aponta que a vitória de Temer custará pelo menos R$ 13,2 bilhões, entre emendas e outros favores concedidos aos […]

Continue lendo

Polícia Federal conclui: Michel Temer é corrupto

De acordo com uma prévia do relatório enviado pela Polícia Federal para ao Supremo Tribunal Federal, houve corrupção passiva na ação entre Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). No diálogo gravado entre Temer e Joesley Batista, da JBS, de acordo com a Procuradoria-Geral da República, Temer teria dado aval a Batista para […]

Continue lendo

Temer decide processar Joesley, mas não explica propinas

Em nota divulgada neste sábado, Michel Temer anunciou que irá processar o empresário Joesley Batista, que o chamou de chefe da “maior e mais perigosa quadrilha” do Brasil. “Na segunda-feira, serão protocoladas ações civil e penal contra ele. Suas mentiras serão comprovadas e será buscada a devida reparação financeira pelos danos que causou, não somente […]

Continue lendo

Dilma, vítima da quadrilha mais perigosa do Brasil

A entrevista explosiva do empresário Joesley Batista, que apontou Michel Temer como chefe da maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil, explica por que Dilma Rousseff, a presidente legítima e honesta, foi derrubada; acusada de ser “inábil politicamente”, Dilma era apenas refratária à corrupção endêmica do PMDB; de um lado, Moreira Franco operava nos aeroportos; de outro, Eduardo Cunha e Geddel Vieira Lima atuavam na Caixa Econômica Federal; em paralelo, Michel Temer e Eliseu Padilha conspiravam no Congresso, enquanto Henrique Eduardo Alves recolhia propinas numa das arenas da Copa do Mundo; com o golpe dos corruptos contra a presidente honesta, o Brasil passou a ser comandado diretamente pelo crime e milhões de pessoas perderam seus empregos

Continue lendo

Pecuaristas se unem para assumir frigoríficos em MT

Um grupo de pecuaristas de Mato Grosso, maior produtor de gado do País, está se articulando para criar uma cooperativa para reativar até 15 frigoríficos do Estado. As conversas ainda estão em estágio inicial, mas ganharam força nas últimas semanas, depois que vieram à tona as delações dos irmãos Batista, controladores da JBS. A crise […]

Continue lendo

Temer cria MP para perseguir quem o delatou

Fragilizado e rejeitado por mais de 90% dos brasileiros, Michel Temer decidiu editar uma medida provisória na noite passada para perseguir quem o delatou; MP de Temer tem endereço certo: o grupo JBS e seus executivos; ontem, ele já havia dado provas de que usaria o governo federal em causa própria ao proibir a Caixa Econômica Federal de emprestar recursos para empresas “inimigas”; com a nova MP, infrações cometidas no sistema financeiro poderão ser punidas com multa de até R$ 2 bilhões; até então, o valor máximo era de R$ 250 mil; no caso de infrações nos mercados de capitais, a multa vai até R$ 500 milhões; representantes da JBS afirmaram ao Ministério Público que a empresa vem sofrendo perseguição econômica desde que delatou Temer

Continue lendo