Presidente das Filipinas promete renunciar se alguém provar que Deus existe

Mundo Religião

O presidente das #Filipinas, #Rodrigo Duterte, voltou a provocar a ira dos cristãos de seu país. Em um discurso polêmico na noite de sexta (6), prometeu renunciar se alguém provar a existência de Deus.

Duterte, de 73 anos, questionou novamente as bases da fé cristã, após ter ridicularizado o conceito de pecado original duas semanas atrás, quando chamou Deus de “idiota”. Na ocasião, um bispo católico chamou o líder filipino de “psicopata”. Quando grupos cristãos pediram que ele se desculpasse, rebateu: “nem em um milhão de anos”.

No discurso de ontem, durante a abertura de um evento de ciência e tecnologia, falou em entregar o cargo imediatamente  se alguém provar que “esteve no céu, conversou com #Deus ou o viu pessoalmente”.

“Eu só preciso de uma testemunha que diga: Aqueles tolos da igreja mandaram que eu fosse até o céu e falasse com Deus. Deus realmente existe. Nós tiramos uma foto juntos e eu trouxe uma selfie ”, acrescentou.

Em seguida, criticou a Igreja Católica, perguntando por que os fiéis são obrigados a doar dinheiro para a Igreja. “Se você está realmente ajudando as pessoas, por que pedem dinheiro a elas?”, questionou.

Por outro lado, negou que seja ateu, dizendo acreditar em uma “mente universal”, que não acredita ser o #Deus da Bíblia.

 

Com informações de ABC News

Deixe uma resposta