Preço do diesel não caiu na bomba após anúncio de redução por Temer

Brasil

As bombas nos postos não obedeceram ao comando de Michel Temer, segundo o presidente da União Nacional dos Caminhoneiros (Unicam), José Araújo Silva (China). O preço do diesel continua inalterado.

“Acho que a greve não vai acabar facilmente. O preço do diesel continua o mesmo na bomba, nada mudou”, disse o líder dos caminheiro ao O Globo.

LEIA TAMBÉM >> Greve dos caminhoneiros chega ao 8º dia mesmo após anúncio de Temer

China afirmou ainda que não tem poder para acabar com a greve, que começou de maneira “voluntária”, depois do “descaso” do governo com a categoria.

Deixe uma resposta