Peça com Jesus Cristo transexual é liberada pela Justiça

Brasil Religião Sociedade

“O evangelho segundo Jesus, rainha do céu “, espetáculo teatral cuja apresentação havia sido impedida judicialmente, foi liberada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP). A produção, que em setembro passado havia sido impedida de levar a atração ao palco do Sesc Jundiaí pelo fato do ator que interpreta Jesus Cristo ser transexual, comemorou a decisão.

“Lampejos de justiça neste Brasil de trevas. Censura nunca mais!”, comemorou a produção, segundo o Diário de Pernambuco. Inicialmente, o juiz Luiz Antonio de Campos Júnior, da 1º Vara Cível de Jundiaí teria decidido em caráter liminar vetar a encenação, argumentando que a peça ridicularizava símbolos sagrados, como a cruz, afetando a dignidade cristã.

A decisão, na época, foi atribuída pela equipe a um movimento orquestrado “por congregações religiosas, políticos e pelo TFP (Tradição, Família e Propriedade)”, conforme relata o jornal. Já a nova sentença, proferida pela a 5ª Câmara de Direito Privado, decidiu por unanimidade liberar a apresentação, por considerar que o veto “feriu de morte a atividade artística da atriz transgênero que interpreta o personagem bíblico”, configurando censura.

A peça tem como protagonista a atriz transexual Renata Carvalho. Além dela, o texto é escrito por outra trans, a inglesa Jo Clifford. Para compor o roteiro, esta última teria se inspirado nas suas experiências pessoais envolvendo religião e redesignação sexual.

Deixe uma resposta