PA 279 FECHADA: Garimpeiros pedem legalização de área ao Governo Federal

Brasil Econômia Ourilândia

Desde o início da tarde desta segunda-feira, 28 de outubro, aproximadamente 2.000 (dois mil) garimpeiros de Ourilândia do Norte, no sudeste paraense, fecharam a PA-279, próximo ao Aeroporto da cidade de Ourilândia do Norte, após uma fiscalização realizada pelo IBAMA na região. Os garimpeiros querem a legalização dos garimpos no município e região.

“Nós queremos que o Governo Federal nos ouça e, de uma vez, legalize nossas a, porque não é justo nós estamos trabalhando e depois ter que sairmos das área as pressas diante de cada operação que eles realizam. Não vamos sair daqui até que eles nos ouçam”, comenta Patrícia.

LEIA TAMBÉM:Ibama queima máquinas em garimpos clandestinos na região Sul do Pará

Ao todo, 10 mil garimpeiros existem nos municípios que compreendem a PA-279 (São Félix do Xingu, Ourilândia do Norte, Tucumã, Redenção e Xinguara).

LEIA TAMBÉM: Omissao-do-governo-bolsonaro-insufla-a-tensao-no-meio-da-Amazonia

Ainda de acordo com Patrícia Sofa, presidente da Cooperativa dos Garimpeiros de Ourilândia do Norte, o objetivo é legalizar áreas brancas, ou seja, fora de terras indígenas, para que eles vivam de forma mais digna. “Geramos emprego e renda, fomenta a região, e estamos cansados de correr da polícia, do Ibama, PRF, isso não é vida. Queremos uma solução do presidente Bolsonaro e do ministro Toffoli para que tenhamos segurança no trabalho”, finaliza.

Deixe uma resposta