Mulher pula do 4º andar após ser confundida com atriz pornô por marido

Mundo

Uma mulher de 22 anos pulou do quarto andar de um prédio em Taguatinga, no Distrito Federal, após ser ameaçada de morte pelo marido. O homem tentou matá-la a facadas por acreditar que ela havia atuado em um filme pornográfico. As informações são do portal Metrópoles.

De acordo com o site, o caso aconteceu na madrugada da última segunda-feira (29). O homem estaria assistindo a um filme pornô no computador quando viu uma atriz parecida com a esposa.  O homem, então, agrediu a mulher com tapas e socos enquanto ela estava dormindo. A vítima teria lesionado o tímpano após a agressão.

A jovem decidiu pular da janela quando o homem foi à cozinha procurar uma faca. Ela caiu em uma cobertura e foi resgatada por vizinhos. O homem chegou a descer as escadas com a faca na mão, ameaçando matá-la. O agressor, no entanto, foi contido por moradores.

“Ele pegava a faca e dizia que ia me matar, que ia me cortar todinha. Olhei para a janela e vi que a minha única chance era pular dali. Pensei, meu Deus! Se eu cair e me quebrar todinha, não vou poder mais nem andar, mas pelo menos vou estar viva”, contou a vítima.

“Quando ele desceu com a faca para me matar lá embaixo, ainda ficou mostrando o vídeo do filme para todo mundo falando que eu era vagabunda e piranha”, relembra a mulher.

O casal mantinha relacionamento há cerca de dois anos. Um amigo da vítima, que não quis se identificar, afirma que o comportamento do homem era excessivamente possessivo.

A mulher recebe cuidados em local mantido em segredo. A Polícia Civil investiga o caso, mas por se tratar de um caso da Lei Maria da Penha, detalhes da ocorrência não podem ser divulgados.

[sgmb id=”1″]

Deixe uma resposta