Militante do MST sofre tentativa de homicídio na Paraíba

Brasil

Durante o fechamento da BR 101 feito pelo MST na Paraíba, um homem ainda não identificado furou o bloqueio e atirou com arma de fogo na Sem Terra Lindinalva Pereira de Lima Filha, que foi ao hospital.

De acordo com o movimento, a tentativa de assassinato deixa claro que a camada reacionária da sociedade está movida pelo ódio, incentivado por aqueles que querem dar fim a democracia.

O bloqueio seguia desde cedo de modo pacífico, o MST está mobilizado em todo país a favor da democracia e pela liberdade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que decidiu não se entregar em Curitiba, mesmo após o juiz federal Sergio Moro determinação sua ordem de prisão e que Lula se entregue até às 17h desta sexta-feira (6).

Movimentos sociais e sindicais devem fazer várias manifestações ao longo do dia contra a ordem de prisão, que ocorre mesmo com a possibilidade de recursos no Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4), sediado em Porto Alegre.

A defesa do ex-presidente ingressou com uma medida cautelar junto à Organização das Nações Unidas com o objetivo de que a entidade internacional faça um pronunciamento contra a prisão arbitrária do ex-presidente.

Deixe uma resposta