Matou a amante do marido e suicidou-se em seguida

Mundo

Depois de descobrir que o marido tinha uma amante, a norte-americana Jennair Gerardot entrou num comboio do Estado do Delaware e foi até à Pensilvânia, disfarçada com uma peruca, e matou Meredith Chapman dentro de casa. Depois do crime, apontou a pistola para si e suicidou-se, na última segunda-feira.

Quando as autoridades chegaram ao local, encontraram um banho de sangue no chão da casa, junto aos dois corpos e à pistola usada para o crime. No exterior da casa, a polícia deu de caras com o marido da assassina, que na noite de segunda-feira tinha marcado um jantar com a amante, também casada, mas estranhou o fato de ela ter faltado ao encontro.

“A minha mulher poderá estar lá dentro”, disse Mark Gerardot à polícia, já que tinha recebido mensagens de Jennair a revelar o seu plano de vingança.

Meredith Chapman
Imagem : Internet -Meredith Chapman

“Tínhamos um homem que era casado e tinha um caso com esta outra mulher. A esposa soube disso e este foi um ataque calculado e planejado”, disse aos jornalistas o Superintendente Colarulo, da polícia de Tadnor Township. Jennair Gerardot teria quebrado um vidro para entrar na casa, limpou os estilhaços e aguardado no interior pela chegada de Chapman, antes de a matar com um tiro, suspeitam as autoridades.

Meredith Chapman tinha sido supervisora de Mark Gerardot na Universidade do Delaware e terá sido aí que começou a relação extraconjugal de ambos.

Deixe uma resposta