Lula descumpre determinação judicial de se entregar até as 17h

Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva descumpriu a determinação do juiz Sérgio Moro e não se apresentou à Polícia Federal no prazo estipulado, até as 17h desta sexta-feira, mas aliados afirmam que ele ainda negocia os termos de entrega. O petista está no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, desde o início da noite de quinta-feira, quando Moro expediu sua ordem de prisão. O clima em torno do ex-presidente foi de incerteza ao logo do dia, quando ainda se aguardava decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre um pedido de ‘habeas corpus’ impetrado pela defesa dele, que foi negado pelo ministro Felix Fischer por volta das 16h20.

Os advogados de Lula estão negociando com a PF os termos de entrega, a militância torce para que ele desista da ideia. Houve uma contagem regressiva para as 17h feita pelos militantes do lado de fora do Sindicato dos Metalúrgicos. “Não tem arrego”, gritam eles, comemorando que Lula ainda não seguiu para a prisão.

Deixe uma resposta