Jair Bolsonaro promete banir do país adversários após eleição de domingo; assista

Brasil Mundo

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), desequilibrado emocionalmente, prometeu ontem (21) a manifestantes banir do país adversários políticos se ele for eleito neste segundo turno.

Em uma transmissão a manifestantes da Avenida Paulista, Bolsonaro disse que a faxina agora será muito mais ampla.

“Essa turma, se quiser ficar aqui, vai ter que se colocar sob a lei de todos nós. Ou vão pra fora ou vão para a cadeia. Esses marginais vermelhos serão banidos de nossa pátria”, prometeu o candidato do PSL, referindo-se a eleitores que apoiam o adversário Fernando Haddad (PT).

Não é a primeira vez que Bolsonaro ameaça quem pensa diferente dele. No primeiro turno, durante campanha no Acre, o ex-militar afirmou que irá “metralhar” os petralhas se chegar ao poder.

Neste domingo, em vídeo, o presidenciável voltou a ameaçar: “Essa pátria é nossa. Não é dessa gangue que tem uma bandeira vermelha e tem a cabeça lavada.”

O filho do candidato a presidente da República, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), também adotou a retórica da violência ao ameaçar prender ministros e fechar o Supremo Tribunal Federal (STF).

Resumo da ópera: os Bolsonaro são despreparados e desequilibrados; eles não estão aptos a governar este país.

Assista ao vídeo:

Deixe uma resposta