Investigação IURD. O desafio de Alexandra Borges: “Virar o feitiço contra o feiticeiro”

Mundo

Após a TVI ter sido notificada para retirar do seu site a série de reportagens “O Segredo dos Deuses”, que envolve a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), a jornalista Alexandra Borges lançou um desafio público na rede social Facebook.

Numa publicação na rede social Facebook, a jornalista pediu que fossem enviadas cópias dos episódios para “famosos portugueses e brasileiros” e assim conseguir “virar o feitiço contra o feiticeiro”.

 Referindo-se a atores, chefes de cozinha, pessoas da música, teatro e poesia, Alexandra Borges pede que todos se juntem à causa e divulguem pequenos vídeos a comentar o caso.

A IURD, que segundo a estação de Queluz de Baixo conta com nove milhões de fiéis, é acusada de estar relacionada de crimes de rapto e tráfico de crianças nascidas em Portugal na década de 1990. A instituição, contudo, tem refutado as acusações afirmando-se vítima de uma “campanha difamatória e mentirosa”.

Quanto à providência cautelar proposta por um pastor da IURD, a TVI revelou à Lusa que vai contestar a decisão, “não tendo sido tomada, à data, nenhuma decisão judicial sobre a mesma”.

Deixe uma resposta