Greve dos caminhoneiros chega ao 9º dia

Brasil

A #greve dos caminhoneiros continua nesta terça-feira, 29 de maio, apesar de o presidente #Michel Temer ter anunciado a adoção de cinco reivindicações importantes dos manifestantes, como o aumento no desconto por litro de diesel (de 41 centavos para 46 centavos) e o congelamento do valor por 60 dias. Apesar disso, parte dos caminhoneiros continuam mobilizados pelo nono dia, com bloqueios em rodovias de vários Estados e do Distrito Federal. As consequências da greve dos caminhoneiros vão desde hospitais com falta de medicamentos; transplantes de órgãos não realizados; supermercados desabastecidos; postos de #combustíveis sem etanol, #gasolina e diesel; voos cancelados; aulas da rede pública e privada suspensas; entre outros.

Embora não exista o perigo de querer solucionar a crise política e social do Brasil com a intervenção militar, negada pelo exército, é verdade que essa tentação começa a aparecer em alguns círculos como uma perigosa miragem capaz de condicionar as próximas eleições presidenciais. Acabamos de ver isso no momento mais agudo da greve dos caminhoneiros, na qual se ouviram vivas ao ditador chileno Pinochet e apelos por um governo militar.

Deixe uma resposta