Governador de SP faz apologia à violência ao homenagear PM que matou assaltante

Brasil

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), candidato à reeleição, apelou para a “bolsonarização” ao homenagear a PM que matou um homem durante tentativa de assalto. O “socialista” faz demagogia e apologia à violência ao agradecer com flores a cabo da Polícia Militar que estava de folga.

A morte do homem ocorreu em frente a uma escola no município de Suzano, na região metropolitana de São Paulo. Ele foi alvejado no peito e nas pernas.

Márcio França quer ser uma espécie de “Bolsonaro” ao concordar com a tese segunda qual “bandido bom é bandido morto”. É a bolsonarização da política, ou seja, o emburrecimento da política na falta de um projeto de desenvolvimento concreto.

“Quero agradecer sua coragem. Uma coragem que é de nossos PMs, que são treinados e preparados”, disse o governador de São Paulo ao levar flores para a cabo da PM.

Deixe uma resposta