Bolsonaro promete “chumbo” e “lança-chamas” contra trabalhadores sem terra

Brasil

O deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) comparou nesta segunda-feira (21) os trabalhadores sem terra a marginais terroristas e prometeu “chumbo” e “lança-chamas” contra o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Bolsonaro participou hoje do “Brasil em Debate” na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ). “A propriedade privada é sagrada. Temos que tipificar como terroristas as ações desses marginais. Invadiu? É chumbo!”, disse o presidenciável que ainda defendeu o uso de “lança-chamas” contra os sem terra.

O lança-chamas era uma temida arma da Alemanha na Primeira Guerra Mundial e durante do período nazista, de Adolf Hitler, empregou-se os fornos de incineração de judeus e opositores ao regime.

Na reunião da Associação Comercial do Rio, Bolsonaro retomou a proposta de armar a população civil para combater a violência.

Assista ao vídeo:

Deixe uma resposta