Bailarina do Faustão celebra união com a namorada em “cerimônia evangélica”

Brasil Sociedade
A teologia inclusiva vem avançando, silenciosamente, e uma demonstração disso é a celebração da união homossexual de Karina Barros, bailarina do Domingão do Faustão, com Camila Benfica, feita por um “pastor” gay numa “cerimônia evangélica”.

Os portais de celebridade relataram com pompa e circunstância a cerimônia religiosa realizada no último final de semana, com citação de declarações do “pastor” André Cally, líder do Ministério Inclusivo Livres em Cristo (MILC).

“Ultimamente os relacionamentos são tão relâmpagos, que celebrar um casamento de duas garotas é uma vitória com gostinho de alegria”, disse o pastor em uma pubicação feita em sua página no Facebook.

De acordo com informações do F5, a celebração aconteceu no Rio de Janeiro, e as noivas e os convidados compartilharam fotos do momento nas redes sociais. “As duas, que estão juntas há dois anos, ficaram noivas em fevereiro de 2017. Quem fez o pedido foi Karina, […] após uma trilha”, relatou o site.

Em outra publicação, o “pastor” Cally disse que estava feliz pela oportunidade de ver a formação de uma nova família: “Sou grato a Deus e muito feliz, em poder celebrar mais uma união de amor, uma nova família que se constitui, dessa vez as amadas, Karina Barros e Camila Benfica. Glória a Deus por esse amor, por essa dignidade que motivam muitos e muitos outros a serem felizes, sem reservas e paradigmas”, afirmou.

Nas redes sociais, a bailarina Karina Barros se declarou após a celebração: “Nosso relacionamento, nossa casinha, nossa convivência, nosso casamento… Os anos vão passando e as coisas só melhoram. Como isso é incrível! Aliás, tudo incrível quando estou contigo. O segredo é o respeito, é se colocar no lugar do outro, é prestar atenção a cada detalhe, é ter paciência, entender, ouvir, saber surpreender, agradar… E assim nós seguimos, com nossa receita do amor eterno”.

Deixe uma resposta