Assessor de Temer tenta enganar índios do AM para explorar minério

Brasil Negócios

Elton da Luz Rohnelt, assessor pessoal do presidente Michel Temer (MDB) que, quando deputado federal pelo PSDB de Roraima (1995-2003) ficou conhecido como “Homem do Revólver de Ouro”, está tentando convencer comunidades indígenas do Amazonas a permitir a exploração de tantalita em suas terras. O mineral raro encontrado no Estado, usado na indústria eletrônica, passou a ganhar interesse do mercado mundial por causa da explosão da produção dos smartphones.

A mineração em terras indígenas é proibida, mas Elton Rohnelt e seu sócio, Otávio Lacombe, empresário paulista, tentam convencer os índios amazonenses dizendo que eles podem garimpar o mineral porque estariam protegidos pelo Estatuto do Índio. A informação foi publicada na edição deste domingo do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com o impresso, “o foco dos empresários é a bacia do rio Içana, na Terra Indígena Alto Rio Negro, habitada pela etnia baniua. A principal comunidade, Tunuí Cachoeira, está a 250 km por rio de São Gabriel da Cachoeira (AM)”, escreve a Folha. Segundo o impresso, para cooptar as comunidades indígenas, o assessor de Temer fez investidas com doação de barco, outros equipamentos, pagamento por amostras do minério e promessa de doação da cesta básica. A Folha de S.Paulo informa nessa reportagem que o caso já está sendo investigado pela Polícia Federal.

Deixe uma resposta