A música mais viral do Spotify Brasil faz apologia ao estupro

Sociedade
A música “Surubinha de Leve”, do MC Diguinho, viralizou e está no topo da lista do Spotify que reúne as músicas mais virais brasileiras. A música também chegou a entrar na lista global.
Porém a letra da música tem incomodado muitas pessoas por causa do teor machista. Em um dos poucos versos, o MC canta a seguinte frase: “taca bebida, depois taca a pica e abandona na rua”.

Porém, após as críticas, o serviço de streaming resolveu agir. Por meio de assessoria, o Spotify informou que recebeu diversas denúncias e entrou em contato com a gravadora, que prometeu retirar a música da plataforma nas próximas horas. O serviço ainda informou que a música foi parar na lista das mais virais pois teve um “pico de consumo nos últimos dias”.

Contatada pelo E+, a produtora GR6, responsável pela produção de MC Diguinho, disse que ainda não tem um pronunciamento sobre o assunto e que o clipe de Surubinha de Leve será lançado nesta quarta-feira, 17, às 21h, no YouTube. Mesmo assim, a produtora informou que há a possibilidade de que a letra da música seja alterada. Procurado, o YouTube ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Críticas a outros funks. A música de MC Diguinho não é a única que está recebendo críticas nas redes sociais nas últimas semanas. A faixa Faz a Fila, do MC Denny, também é acusada de incitar a violência sexual contra a mulher por conta dos trechos

Vou socar na tua b****a sem parar/ E se você pedir pra mim parar, não vou parar/ Porque você que resolveu vir pra base transar/ Então vem cá, se você quer, você vai aguentar”. 

Questionado, o Spotify disse que seu catálogo é abastecido por milhares de gravadoras, artistas e distribuidoras, que são devidamente avisados sobre as diretrizes da plataforma. Se essa música também for alvo de denúncias, o serviço irá analisar e notificar a distribuidora responsável pelo conteúdo.

 

Deixe uma resposta